Java e Orientação a Objetos

Todo aplicativo nativo para Plataforma Android é desenvolvido na Linguagem de Programação Java e com padrão de programação Orientado a Objetos.

Por isso resolvemos escrever este Post, apresentando alguns conceitos sobre Orientação a Objetos e aplicando-os, em exemplos práticos utilizando a Linguagem de Programação Java.

JAVA

Criado a partir de um projeto da Sun Microsystems voltado para dispositivos portáteis inteligentes, o Java foi lançado em 1995 como uma alternativa para construção de aplicações web e tornou-se um sucesso acadêmico e corporativo devido suas características.

Java é formado por uma extensa biblioteca de classe 100% Orientada a Objetos, independente da plataforma, segura e de ótima performance. Java é independente de plataforma porque seus programas são compilados em um formato neutro, os Bytecodes, armazenados em um arquivo de classe .class. O Java possui a sua Maquina Virtual, a JVM (Java Virtual Machine). A JVM interpreta os Bytecodes como código nativo do sistema, usando os serviços oferecidos pelo Sistema Operacional.

Um programa Java compõe de um ou mais arquivos fonte onde cada um pode conter:

  • Uma declaração de pacote (package)
  • Uma ou mais diretivas de importação (import)
  • Uma ou mais interações de classes (class)
  • Uma ou mais declarações de interfaces (interface)

O inicio de todo programa Java é constituído de uma classe na qual existe um método main, o método principal de uma classe. Abaixo um programa simples em Java onde uma String esta sendo impressa no console.

Continuar lendo